In CAMPING, FREE CHIPS for ecological dishwashers

For any booking in VILLA PARADISU, WIFI OFFERED (1 GB per day)

Riva Bella dans "Zone Interdite" sur M6 ... à voir et à revoir selon le lien suivant !!!
https://www.facebook.com/watch/?v=1810052572423249

Ecoturismo na França: desenvolver um turismo sustentável na Córsega é um assunto de todos, alguns conselhos a serem seguidos...

Camping naturista na França, vagas, barracas mobiliadas
Casa de temporada 4 estrelas para turismo naturista na França
O Centro de Talassoterapia naturista

Ecoturismo na França, o turismo sustentável é um assunto de todos

Ecoturismo na França: desenvolver um turismo sustentável na Córsega é um assunto de todos, alguns conselhos a serem seguidos...

    O turismo sustentável diz respeito a todos nós

O turismo sustentável visa harmonizar a atividade turística com a preservação dos ecossistemas naturais e culturais. Através das suas ações, cada indivíduo influencia o seu meio ambiente.

Alguns gestos responsáveis podem nos permitir limitar o nosso impacto sobre a natureza. Esses gestos ecológicos podem parecer insignificantes no cotidiano, entretanto, eles contribuem para a proteção da nossa ilha. É a metáfora do colibri: cada indivíduo contribui com os seus atos, à sua escala, para preservar o meio ambiente, nosso bem comum a todos.

    Alguns pequenos conselhos para limitar o seu impacto e preservar a natureza:

    Na Córsega, respeitar os ecossistemas e preservar as espécies protegidas é

• Não colher de plantas selvagens

• Respeitar a fauna, não pescar ou caçar em zonas protegidas

• Ao passear, respeitar as balizas para não danificar a flora

• Em embarcações, atracar em fundos de areia para não causar danos ao leito vegetal marinho

    Atenção com o fogo em geral, com verões muito secos, basta uma faísca para inflamar a Córsega:

• Os churrascos, queimadas e fogueiras estão proibidos de 1o de julho a 30 de setembro

• Não jogar bitucas de cigarro na natureza, nem vidro, nem garrafas de vidro, pois em função do “efeito lupa”, um caco pode inflamar a natureza

• Em caso de incêndio, discar imediatamente para o número 18

    A Água

• Não deixar a água jorrar inutilmente e limitar a sua utilização (evitar duchas prolongadas ou lavar a louça com água corrente…)

• Preferir uma ducha (50 litros) a um banho de banheira (150 litros)

• Fechar a torneira ao escovar os dentes. Assim é feita uma economia de 12 litros de água/minuto; também são 18 litros ao evitar fazer a barba com a torneira aberta

• Utilizar o duplo sistema de descarga dos vasos sanitários

• Utilizar a água de enxágue das frutas e dos legumes para molhar as plantas

• Molhar as plantas à noite ou cedo pela manhã, para evitar a evaporação

• Avisar o serviço técnico imediatamente acerca de qualquer vazamento de água

    A Eletricidade

• Não se esquecer de apagar as luzes em caso de ausência

• Não deixar um cômodo desocupado iluminado

• Apagar a luz quando for possível ler confortavelmente com luz natural

• Evitar utilizar o ar-condicionado: arejar os cômodos pela manhã, quando está fresco, e em seguida fechar os cômodos durante o restante do dia. As persianas ajudam a refrescar naturalmente o ambiente: elas deixam passar o ar, mas não o calor

• Em locais climatizados, não se esquecer de fechar as portas e as janelas

• Consumir as energias com moderação (19°C para o aquecimento e 24°C para a climatização são temperaturas agradáveis e suficientes)

• No verão, fechar as cortinas para evitar o sobreaquecimento, manter uma temperatura mais confortável e reduzir o uso do ar-condicionado

• Desligar os televisores e computadores, pois, mesmo em stand-by, eles utilizam até 40% do seu consumo quando em funcionamento

• Escolher pilhas recarregáveis e carregadores à energia solar

    A Poluição

• Não jogar ou despejar nada no lago, nenhum produto gorduroso, líquido ou sólido, pois há risco de danificar o arejador e assim colocar em perigo a fauna e a flora

• Evitar os produtos domésticos tóxicos (particularmente a água sanitária); dando preferência aos detergentes biodegradáveis

• Limitar o uso de lenços umedecidos, dar preferência para os panos em microfibra

• Limitar os deslocamentos de carro no interior da Propriedade

• Adotar a carona solidária: ela reduz as emissões de gases, rende economias e além do mais é legal!

    A Natureza

• Preservar as dunas, adotando as vias já traçadas e utilizadas

• Não danificar as árvores

• Não cortar, arrancar ou pisotear as plantas e as flores (que é a maioria das espécies endêmicas a serem protegidas)

• No mar, não arrancar a vegetação marinha e preservar o meio submarinho

• Oferecer às lhamas os restos de pão, assim como as cascas de frutas e legumes

    Os Resíduos

• Triar os seus resíduos e descartá-los nos caçambas apropriadas (em cada área de coleta dos resíduos, há caçambas para o lixo doméstico, assim como para vidro, papel e embalagens; é possível entregar as pilhas usadas Recepção, na caixa especialmente prevista)

• Evitar a utilização de materiais de cozinha descartáveis

• Descartar o lixo dos banheiros e da cozinha nos locais especialmente previstos

• Não jogar nada na natureza (terra, mar, rios). Nem papéis, nem garrafas, nem sacos plásticos… Nada! Os sacos plásticos enganam as tartarugas e os golfinhos que os confundem com medusas e se engasgam ao comê-los. 450 anos, este é o tempo necessário para que um saco plástico desapareça na natureza. Para uma latinha de alumínio serão 100 anos. Para um chiclete são 5 anos. Se outros tiverem a deselegância de fazê-lo, agradecemos pela contribuição e solicitamos que recolham qualquer resíduo e o coloque no lixo…

    Em nossos pratos, privilegiar:

• Os alimentos originários da agricultura orgânica, sem pesticidas nem adubos químicos, nem Organismos Geneticamente Modificados (OGM). Essa postura preserva a natureza e a diversidade dos pássaros, vegetais e besouros

• Os peixes de criatórios ou as carnes oriundas de produção orgânica.

• Os produtos regionais, as frutas e os legumes da estação e produzidos localmente. Aqueles que são importados de países longínquos ou cultivados em estufas aquecidas… consomem muita energia

• Os produtos vendidos a granel. Menos embalagens é menos energia consumida na produção, além de menos resíduos após o consumo

O ecoturismo também é...

Espaço
  • A fauna da Riva Bella

    Uma fauna rica, com mais de 70 espécies selvagens...

  • A flora da Riva Bella

    Mais de 50 notáveis espécies presentes na propriedade...

  • impacto ambiental

    A propriedade utilize energias renováveis…

  • Nossas ações

    A Riva Bella está comprometida com o desenvolvimento do turismo sustentável...

  • As paisagens naturais

    A preservação dos espaços naturais é uma prioridade na Riva Bella…

  • Sítio das lhamas

    As lhamas igualmente participam do ecossistema...

  • Os produtos regionais

    Consumir produtos locais contribui com o turismo sustentável...

+33 (0)4 95 38 81 10
AlojamentoEspaço Parcela

Qualité Tourisme - Logotipo