LAST MINUTES THALASSO !!! Read more...

A Riva Bella Naturismo privilegia o ecoturismo e o turismo sustentável na França, protegendo as suas paisagens naturais...

A proteção das paisagens córsicas

A Riva Bella Naturismo privilegia o ecoturismo e o turismo sustentável na França, protegendo as suas paisagens naturais...

    A proteção e a preservação das paisagens naturais é uma prioridade na Riva Bella Naturista

A natureza excepcional do site da Riva Bella na Córsega (duna, praia, maqui, lago de água salgada, presença de espécies selvagens, flora endêmica) impõe uma mobilização constante para garantir a proteção desses espaços naturais. Cogestora do Lago de Terrenzana com o Órgão de proteção do litoral da França na Córsega, a Riva Bella compromete-se de forma ativa na preservação e na proteção das áreas: limitação do impacto da atividade turística, privilegiando um turismo sustentável, voltado para a sensibilização do público em relação aos desafios do ecoturismo na França, sensibilização do público diante da biodiversidade presente na área, campanhas de restauração e de recomposição da vegetação das dunas.

    Duna, praia, maqui e lago de água salgada, um mosaico de paisagens e de ecossistemas a serem descobertos!

O lago de água salgada de Terrenzana ocupa a porção Sul das áreas que compõem a Riva Bella, o a parte Norte inclui a casa de temporada para as hospedagens naturistas, o camping e as infraestruturas integradas ao maqui, do lado Oeste se estende uma vasta área de natureza selvagem e, finalmente, a Leste encontramos a praia, às margens do Mar Mediterrâneo.

    O lago de água salgada de Terrenzana

O Lago de Terrenzana é um lago de água salgada, portanto, ele não abriga colônias de pernilongos. Além disso, a presença de lagartixas da espécie osga-turca e de numerosos batráquios, os quais se alimentam dos insetos presentes na área, tende a reduzir a ocorrência de insetos.

O lago que por vezes tem comunicação com o mar constitui um habitat importante para as espécies selvagens. Ele permaneceu natural e preservado dos fortes impactos da poluição. A sua vegetação e a sua fauna constituem um testemunho representativo das antigas paisagens naturais, antes da modernização.

    O maqui córsico

O maqui é uma formação vegetal mais baixa que uma floresta, muito densa, principalmente constituída de vegetais resistentes às secas. Típico da paisagem da Córsega e do Sul da França, ele é composto de várias espécies vegetais (arbutus unedo, myrtus communis, cistus, erica arborea, quercus ilex, pistacia lentiscus...).

us communis, cistus, erica arborea, quercus ilex, pistacia lentiscus...) dividem entre si o espaço.

    A duna

Uma vegetação diversificada (lotus cytisoides, anthemis maritima, crucianella maritima, medicago marina, sporobolus pungens, otanthus maritimus...) é encontrada nas dunas, além do juniperus oxycedrus, endêmico na Córsega e que brota na areia.

É necessário cuidar dessas espécies endêmicas ou selvagens, zelar para que não sejam arrancadas ou pisoteadas, pois elas nos ajudam a lutar contra a erosão com a qual nos defrontamos.

    A recomposição da vegetação das dunas

Graças à assessoria do órgão de proteção do patrimônio botânico nacional da França (Conservatoire Botanique National de France) na Córsega, nós colocamos em prática uma ação de recomposição da vegetação e de restauração das dunas para lutar contra a erosão.

Em face da invasão das áreas por espécies exógenas invasoras, esta ação é conduzida em duas vertentes:
1. eliminar as espécies invasivas
2. restaurar a flora regional perfeitamente adaptada, a fim de preservar as dunas e assim reduzir os efeitos da erosão.

Se você quiser participar da nossa ação, aqui você encontrará as técnicas pertinentes e uma apresentação das espécies presentes na região (as espécies invasoras e as espécies a serem replantadas).

    As espécies invasoras

O carpobrotus edulis é uma planta trepadeira com hastes e folhas espessas e carnudas, cheias de água, de seção triangular, relembrando a forma de uma grande garra. Introduzido no litoral mediterrâneo pela beleza das suas flores violetas e pela sua resistência, ele se adaptou tão bem que hoje representa uma ameaça para a biodiversidade e para os frágeis ecossistemas.

Praticamente indestrutível, o carpobrotus edulis resiste perfeitamente à estiagem e à maresia. Ele cresce nos solos pobres desenvolvendo-se densa e rapidamente, abafando assim as outras espécies vegetais. Nossa primeira ação consiste na proteção de alguns setores, com a retirada progressiva do carpobrotus edulis, para que as espécies adaptadas já presentes possam se multiplicar espontaneamente.

    As espécies adaptadas

Nossa segunda ação consiste em estimular a multiplicação das espécies adaptadas à duna. Duas técnicas podem ser utilizadas de acordo com as espécies: a semeadura ou a multiplicação por estaca (alporque).

A semeadura de espécies colhidas na área:
Os grãos são colhidos no verão e, em seguida, semeados no outono. As espécies envolvidas são: lotus cytysoides, anthemis maritima, crucianella maritima, assim como todas as espécies presentes perto da praia.

O alporque:
O alporque ou multiplicação por estaca possibilita duplicar determinadas espécies vegetais. Ele consiste em coletar um pedaço do caule da planta e, em seguida, replantá-los. Esta estaca cria raízes e se desenvolve, dando origem a uma nova planta similar à primeira. As espécies envolvidas são: medicago marina, sporobolus pungens, elytrigia juncea e achillea maritima.

Essas diferentes ações nos permitirão reproduzir espécies locais, adaptadas ao meio existente e, dessa forma, substituir progressivamente o carpobrotus edulis.

Para as áreas por detrás das dunas, nós privilegiaremos árvores e arbustos como: juniperus phoenicea e rosmarinus officinalis.

Nas áreas muito corroídas pela erosão, será igualmente possível recuperar os vegetais desenraizados e destinados a desaparecerem mediante a transplantação; o período mais propício é o outono, ao chegar das primeiras chuvas.

O ecoturismo também é...

  • A fauna da Riva Bella

    Uma fauna rica, com mais de 70 espécies selvagens...

  • A flora da Riva Bella

    Mais de 50 notáveis espécies presentes na propriedade...

  • Os produtos regionais

    Consumir produtos locais contribui com o turismo sustentável...

  • impacto ambiental

    A propriedade utilize energias renováveis…

  • Nossas ações

    A Riva Bella está comprometida com o desenvolvimento do turismo sustentável...

  • O turismo sustentável

    O turismo sustentável diz respeito a cada um de nós...

  • Sítio das lhamas

    As lhamas igualmente participam do ecossistema...

+33 (0)4 95 38 81 10
Alojamento Parcela

Logo Camping Qualité